NuPEDEN- Núcleo de Pesquisa, Ensino, Divulgação e Extensão em Neurociências

LIVROS EXTRA CLASSE

Nesta seção listamos alguns livros interessantes que abordam diferentes assuntos da área das neurociências narrando, muitas vezes, situações do cotidiano.  Boa leitura!

Fantasmas no Cérebro – Uma Investigação dos Mistérios da Mente Humana

Ramachandran, V. S. / Blakeslee, Sandra

Record

O que têm em comum uma mulher parcialmente cega que vê personagens de desenho animados sentarem no colo do médico à sua frente; uma bibliotecária com ataques incontroláveis de riso, que um dia morre de rir, literalmente; um atleta que perdeu o braço mas sente dores horríveis no ´fantasma´ da sua mão amputada; um rapaz que acredita que seus pais são impostores que tomaram o lugar dos verdadeiros; uma professora que insiste que o lado paralisado de seu corpo ainda se movimenta? Todos são personagens deste livro e todos tiveram a sorte de passar polo consultório do neurologista e neurocientista indiano Vilayanur Ramachandran, diretor do Centro do Cérebro e da Cognição, na Universidade da Califórnia em San Diego, onde ousa buscar no cérebro explicações para situações que seriam mais facilmente atribuídas a misticismo, excentricidade, ou simplesmente loucura.

 

 

O Homem que Confundiu Sua Mulher com um Chapéu

Sacks, Oliver

Companhia Das Letras

O cientista e neurologista Oliver Sacks é também um excelente narrador, dono do raro poder de compartilhar com o leitor leigo certos mundos que de outro modo permaneceriam desconhecidos ou restritos aos especialistas. Em ‘O homem que confundiu sua mulher com um chapéu’ estamos diante de pacientes que, imersos num mundo de sonhos e deficiências cerebrais, preservam sua imaginação e constroem uma identidade moral própria. Aqui, relatos clínicos são intencionalmente transformados em artefatos literários, mostrando que somente a forma narrativa restitui à abstração da doença uma feição humana, desvelando novas realidades para a investigação científica e problematizando os limites entre o físico e o psíquico.

 

 

Em Busca da Memória – O Nascimento de uma Nova Ciência da Mente

Kandel,Eric R.

Companhia Das Letras

‘Em Busca da Memória’ é, na verdade, várias buscas pela memória. Eric Kandel dedicou sua carreira a entender as bases biológicas de como a mente armazena experiências e reage a elas – trabalho que, além de solucionar um mistério científico, pode ser o ponto de partida para novos tratamentos psiquiátricos. Mas o livro também reúne as memórias do menino que mal teve tempo de brincar porque a família precisou fugir do Holocausto. Apesar de doloroso, o caminho traçado por Kandel ajudou a fundar a nova ciência da mente. ‘Há agora um consenso na comunidade científica de que a biologia da mente será para o século XXI o que a biologia do gene foi para o século XX’, diz o autor. Nos anos 1950, Kandel era um jovem fascinado por psicanálise. Mas em vez de clinicar, descobriu a paixão pela pesquisa científica. Uma paixão que não o afastou do interesse pelos meandros da mente. Na aplísia, um caramujo marinho, ele descobriu que as experiências vividas fisicamente mudam o cérebro. E também desvendou como o ambiente interage com os genes e os neurônios para provocar aprendizados e comportamentos. Com isso, ele ajudou a mapear a biologia molecular dos processos mentais mais simples.

 

 

Portraits of the Mind: Visualizing the Brain from Antiquity to the 21st Century (Abrams, November 2010) follows the fascinating exploration of the brain through images. These beautiful black-and-white and vibrantly colored images, many resembling abstract art, are employed daily by scientists around the world, but most have never before been seen by the general public. From medieval sketches and 19th-century drawings by the founder of modern neuroscience to images produced using state-of-the-art techniques, readers are invited to witness the fantastic networks in the brain. http://www.carlschoonover.com

 

 

Head Cases: Stories of Brain Injury and Its Aftermath

Michael Paul Mason

Head Cases takes us into the dark side of the brain in an astonishing sequence of stories, at once true and strange, from the world of brain damage. Michael Paul Mason is one of an elite group of experts who coordinate care in the complicated aftermath of tragic injuries that can last a lifetime. On the road with Mason, we encounter survivors of brain injuries as they struggle to map and make sense of the new worlds they inhabit.

Underlying each of these survivors’ stories is an exploration of the brain and its mysteries. When injured, the brain must figure out how to heal itself, reorganizing its physiology in order to do the job. Mason gives us a series of vivid glimpses into brain science, the last frontier of medicine, and we come away in awe of the miracles of the brain’s workings and astonished at the fragility of the brain and the sense of self, life, and order that resides there. Head Cases “[achieves] through sympathy and curiosity insight like that which pulses through genuine literature” (The New York Sun); it is at once illuminating and deeply affecting.

 

 

Conduzindo o Sr. Albert

Paterniti, Michael

Companhia Das Letras

Numa manhã fria, um carro parte de Nova Jersey para uma longa viagem. Ao volante, vai o jornalista Michael Paterniti. No banco do passageiro, Thomas Harvey, o patologista que quarenta anos antes havia feito a autópsia de Albert Einstein. No porta-malas, acomodado numa mochila, viaja o que se poderia chamar de terceiro passageiro: o cérebro de Einstein. Eles têm como destino a cidade de Berkeley, na Califórnia, onde Harvey pretende se encontrar com Evelyn Einstein, neta do cientista, talvez para entregar a ela o cérebro do avô.
Ao relato de viagem, Paterniti intercala informações científicas e reflete sobre as vidas de seus personagens. ´Conduzindo o sr. Albert´ narra essa jornada imprevisível, que atravessa os Estados Unidos de costa a costa, e empreende também uma investigação sobre a vida e o pensamento de Albert Einstein. Paterniti conta ainda a própria história e a trajetória atribulada de Thomas Harvey, o homem que celebrizou-se ao se apossar de um dos cérebros mais privilegiados de todos os tempos e acabou pagando um preço alto por isso.

 

 

Muito Além do Nosso Eu

Nicolelis, Miguel

Crítica

Andar, escrever e se comunicar só através da força do pensamento. Aquilo que era encarado como ficção científica, no século XXI está se tornando uma realidade. Um dos principais exponentes do estudo e da realização dessa interface cérebro-máquina é o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis. Eleito por revistas como a Scientific American e a Foreign Policy como um dos mais importantes cientistas e pensadores do mundo, ele está conseguindo fazer com que paraplégicos voltem a andar e consigam chutar uma bola através da força do pensamento. A base de seu estudo está descrito no best-seller “Muito além do nosso eu” – A nova neurociência que une cérebro e máquinas, e como ela pode mudar nossas vidas. Considerado o melhor livro de ciências em 2008, quando foi originalmente publicado, ganha uma nova e atualizada edição. Nele, Nicolelis explica como o cérebro cria o pensamento e explica porque aposta que o culto ao corpo será substituído pelo culto ao cérebro. Recheado de gráficos e fotos, o livro aponta para os avanços nas pesquisas em neurociências que estão revolucionando o mundo. E que irão mudar para melhor o modo como vivemos. Sentado na varanda de sua casa de praia, você um dia poderá conversar com uma multidão, fisicamente localizada em qualquer parte do planeta, por meio de uma nova versão da internet (a ‘brainet’), sem a necessidade de digitar ou pronunciar uma única palavra. Nenhuma contração muscular envolvida. Somente através do seu pensamento”, diz ele.

 

 

Cinema e Loucura

Landeira-fernandez,J. / Cheniaux,Elie

Artmed

Neste livro surpreendente, os autores se propuseram a uma tarefa pioneira: usar personagens de filmes clássicos e modernos para auxiliar o leitor a compreender os mecanismos dos transtornos mentais, criando uma obra de interesse não apenas aos estudantes de saúde mental, mas a todos aqueles apaixonados por cinema.

 

 

CAMINHOS DA NEUROEDUCAÇÃO (2a. Edição)

Glaucio Aranha e Alfred Sholl-Franco (Org.)

I.S.B.N.: 978-85-911222-0-2

O livro apresenta um apanhado de estudos que exploram as múltiplas possibilidades de abordagem do encontro entre os campos da educação, psicologia e neurociências. A Neuroeducação surge em um espaço de fronteiras entre as neurociências, a psicologia e a educação. Trata-se de um campo ainda jovem, entretanto que vem mobilizando o interesse de estudiosos que buscam neste encontro de áreas a possibilidade de promover intercâmbios teórico-metodológicos que levem a descobertas significativas para o entendimento de temas como desenvolvimento cognitivo, atenção, motivação, emoção, aprendizagem, memória e linguagem, dentre muitos outros que se mostram essenciais para a constituição do indivíduo e de uma sociedade. Os textos que compõem a presente obra desenvolvem reflexões a cerca da temática neuroeducação. Organizam-se em torno de três eixos temáticos: Bases e Desafios para a Neuroeducação (capítulos 1 a 4); Neuroeducação, Linguagem e Cognição (capítulos 5 a 7); e, por fim, Neuroeducação e Aprendizagem (capítulos 8 a 11). A segunda edição foi ampliada, passando a contar com um capítulo a mais “Psiquitria da infância e da adolescência: gene, cérebro, ambiente e individualidade”.

 

Synaptic Self: How Our Brains Become Who We Are

In 1996 Joseph LeDoux’s The Emotional Brain presented a revelatory examination of the biological bases of our emotions and memories. Now, the world-renowned expert on the brain has produced with a groundbreaking work that tells a more profound story: how the little spaces between the neurons—the brain’s synapses—are the channels through which we think, act, imagine, feel, and remember. Synapses encode the essence of personality, enabling each of us to function as a distinctive, integrated individual from moment to moment. Exploring the functioning of memory, the synaptic basis of mental illness and drug addiction, and the mechanism of self-awareness, Synaptic Self is a provocative and mind-expanding work that is destined to become a classic.

Copyright 2019 - STI - Todos os direitos reservados